Solar Group faz doação a projeto que possibilita energia solar em favela de Duque de Caxias

Leia esta matéria ou assista ao vídeo, que foi ao ar pelo programa Bom Dia Favela TV, da TV Bandeirantes.

A Associação de Mulheres de Atitude e Compromisso Social (AMAC) faz parte da rede de favelas sustentáveis. Essa entidade conseguiu inaugurar, neste último mês de setembro, o primeiro sistema de energia solar em favelas, na Baixada Fluminense, com o apoio da Solar Group, que forneceu as estruturas de fixação para as estruturas usadas.

Na visão da Solar Group, o acesso a energia sustentável é importante para que com a economia que as famílias conseguirão obter sejam revertidas outras melhorias, possibilitando as oportunidades em outras áreas.

A repórter Wic Tavares foi lá e trouxe uma reportagem tecnológica para você, vamos conferir!

Bom dia favela, bom dia meu povo alo Duque de Caxias. Hoje eu estou aqui na Vila Alzira para falar de um projeto incrível. Estou falando de AMAC, que potencializa mulheres, homens e crianças. E hoje a gente está aqui para aprender um pouquinho sobre energia solar, olha que incrível, vamos conferir essa história com a gente?

Nill Santos, presidente da AMAC, explica: “Minha história começa neste mesmo lugar, em 1982 e quando eu e minha família chegamos, aqui não tinha água nem energia e eram poucas casas. Então toda minha infância foi aqui, até que eu cresci, casei, saí e fiquei fora por um tempo. Quando eu retorno para essa comunidade, começo com um projeto social de uma escola de futebol.”

“Faço parte de uma rede muito potente, chamada Rede Favela Sustentável, que pensa a sustentabilidade dentro das favelas. Não só do Rio, mas também da Baixada Fluminense. Na verdade, foi a primeira rede que conseguiu enxergar a Baixada Fluminense, porque nós da Baixada temos uma grande dificuldade de trazer pessoas que nos olhem, que vejam que aqui não é só violência, que dentro de nossas favelas tem gente potente e que só está precisando de uma visibilidade.”

“E a favela sustentável vez com que a gente começasse a ter essa visão de fora. Então é uma rede que te leva para fora da baixada e faz com que todo mundo saiba que a gente está aqui na Vila Alzira, fazendo questão da sustentabilidade ambiental e social, então lá tem um Grupo de Trabalho (GT) de Energia Solar junto com a Solarize e a Evolusolar. Então eu me inscrevi, porque sempre pensei a Energia Solar não só como uma fonte de economia de energia, mas também é uma coisa que, para o mundo, ela vai ter muita empregabilidade. É uma forma de empregabilidade dentro da favela, porque além de a gente ter as placas solares, a gente também teve os cursos. E você imagina quando a gente conseguir espalhar isso para várias favelas do Rio, para as comunidades que têm mães solos, mães empreendedoras que não têm condições de pagar contas de luz, mas que precisam costurar ou fazer outra atividade.”

“Quando você oferece essa economia, porque é bem mais econômica, dentro das nossas favelas, a gente vai revolucionar o Rio de Janeiro e o mundo com essa energia.

O dia que chegaram com as placas para serem instaladas estava rolando um curso lá embaixo, então tinham 80 pessoas neste espaço. Tinham meninas de várias outras comunidades apresentando suas idéias para as placas solares. E tivemos quatro idéias incríveis que, se tivermos financiamento, vai fazer muita diferença nas comunidades.

A gente conseguiu todo nosso material doado. E o curso foi também patrocinado pela Rede Favela Sustentável, pela Evolusolar e pela Solarize, então aqui formamos, dentro de nosso projeto, uma mulher, que é a Edise, o Gabriel, o Rodrigo e o Júnior, que foram responsávels pela instalação também.”

“Então quando você pensa que vivemos em um país tropical, com sol praticamente o ano todo. E é uma energia que é infinita e limpa. A gente vê a precariedade da energia elétrica, algumas até fechada por falta de água.”

“A gente tem aqui oito placas e estamos produzindo energia limpa para a favela. E isso pode virar uma cooperativa, se conseguirmos mais placas. Mas é interessante para quem não produzirmos energia limpa, Eu vejo um um futuro mais limpo, mais coletivo, mais humano. E quando você pensa que muitas pessoas que não tem acesso. A gente fez uma pesquisa aqui, sobre água e energia, onde ouvi de muitas mães solo que ou ela pagava energia ou comia. É uma frase triste.”

“Quando você pensa que energia solar pode ser solução, até mesmo para matar a fome, que é uma energia do futuro, o que está faltando para investir nisso?

Só precisamos de interesse e coletividade, foi feito em rede e não foi caro. E se não é caro para a gente, não é caro para o Governo. Se fala muito em meio-ambiente, mas quero ver na prática. Nós aqui da favela estamos mostrando como pode ser feito. E, se quiserem, a gente dá aula.”

“A nossa principal missão é transformar a vida. A favela, para mim é onde você pode ser quem você é e, por mais que tentem dizer que a gente não tem liberdade dentro de nossa própria favela, a gente tem sim. Porque somos gente, somos cidadãos.

É aqui onde a gente sabe o que o seu vizinho está precisando e você tem uma união que não tem fora, porque aqui a gente se socorre, a gente se ajuda. E mesmo que o poder público não nos enxergue, o poder social está aqui fazendo diferença, resolvendo o problema do vizinho que está sem água ou luz. A favela é potência, a favela é o pulmão deste Brasil.”

Assista ao vídeo completo da reportagem em nosso canal do Youtube.

Artigos relacionados

Cuidados com os Efeitos Nocivos do Sol aos Trabalhadores que Atuam em Instalações Externas

Na exposição ideal o sol é um dos grandes responsáveis por estimular a produção de vitamina D no organismo. Além disso, também contribui para a regulação do humor, manejo do estresse, melhoria do sono, redução da pressão arterial e eliminação de alguns tipos de fungos, bactérias e ácaros. O problema ocorre quando há excesso de…

Ver Mais

Estruturas de Solo para Sistemas Fotovoltaicos – conheça as vantagens de cada uma delas

Os sistemas fotovoltaicos estão se tornando cada vez mais populares devido à sua capacidade de gerar energia limpa e sustentável. Uma parte crucial desses sistemas é a escolha da estrutura de fixação, que pode ser instalada no solo. Neste blog, vamos explorar as vantagens das estruturas de solo para sistemas fotovoltaicos, tanto on-grid quanto off-grid.…

Ver Mais

Por que a Energia Limpa e acessível é tão importante para o Brasil?

O Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no dia 5 deste mês de junho, foi criado exatamente para levar as pessoas a refletirem sobre a relação da humanidade com o planeta. Em 2023, as fontes limpas cresceram 50% em todo o mundo, segundo relatório da Standard & Poor’s Global Commodity Insights   O Brasil é…

Ver Mais

Entenda o que muda no Mercado Livre de Energia

Solução concorre com a instalação de energia solar fotovoltaica em alguns setores e a complementa em outros. Ganha impulso este ano com portaria que autoriza a participação de empresas com consumos inferiores a 500 quilowatts (kW). O Mercado Livre de Energia é o termo popular para o chamado Ambiente de Contratação Livre (ACL), onde fornecedores e…

Ver Mais